Comerciais do Super Bowl 2012 >> 7 destaques do redator

O evento: a decisão da temporada 2012 da NFL. O saldo: um jogo à altura do melhor campeonato que vi desde que comecei a acompanhar o futebol americano, uma Gisele Bündchen triste e alguns bons minutos de comerciais com preço total maior que o PIB de um pequeno país.

Como sempre, teve de tudo. Modelo brasileira (feliz, ao contrário da Gisele), a Volkswagen substituindo o Darth Vader mirim por um cachorro gordo, os já clássicos comerciais no estilo série-de-situações-não-convencionais, os incansáveis cavalos da Budweiser.

Mas vamos ao que importa. Eis os sete comerciais mais bem escritos da noite, IMHO:

1. Chrysler >> Halftime in America

Em 2011, a Chrysler já tinha sido a marca por trás do melhor trabalho de redação publicitária do Super Bowl. Para mim, mantiveram o troféu, dessa vez com bonus points pela participação do Clint Eastwood. Aproveitando o momento de reestruturação econômica nos EUA (que permeou pelo menos mais um filme), a montadora emplacou outro comercial capaz de emocionar qualquer um, mesmo que você não seja estadunidense e nunca tenha pisado sequer numa Miami da vida para comprar muamba. Vale ler o script.

2. Bud Light >> Rescue Dog

O slogan usado pela Bud Light é “Here we go”. E era uma vez um cara com um cachorro chamado Wego. Bom, você pode imaginar o resto do enredo.

3. History Channel >> Swamp People

A cada dia sou mais fã do History Channel. E não estou falando só do fato de que passo horas assistindo Caçadores de Relíquias e ignorando o resto do mundo. A questão é que se trata de uma empresa que sabe criar buzz em torno dos seus programas. Sem falar que esse comercial aí em cima tem o texto mais badass-modafocka dos últimos tempos.

4. Toyota >> Camry Effect: Connections

Amigo, se você não sentiu vontade de comprar um carro depois de assistir a esse filme, você precisa entrar num consórcio. De um coração. E tenho dito.

5. E*TRADE >> Fatherhood

Olha os E*TRADE Babies aí de novo. Você pode até dizer que é só mais do mesmo. E realmente é. Mas isso significa também que é mais redação publicitária espirituosa, mais de um conceito bem construído e mais bebezismo sem fofurice forçada.

6. Hulu >> Huluboratory

Divertidamente bizarro.

7. Cadillac >> Green Hell

A versão Cadillac de “Diga a eles que vão para o inferno!”

Tags: , ,

1 comentário sobre "Comerciais do Super Bowl 2012 >> 7 destaques do redator"

Comente