Como ficar rico: versão para redatores

Joe Karbo - The Lazy Man's Way to Riches Há alguns dias, contei o caso de Arthur Schiff, o homem que redigiu os inesquecíveis infomerciais das facas Ginsu e ajudou a criar vários dos chavões que hoje vemos no marketing de resposta direta.

Para quem curtiu o tema, o Fernando Luz tem um artigo muito bacana a respeito de outra figura folclórica: Joe Karbo, que fez fortuna graças à arte de usar palavras para convencer pessoas a comprar coisas.

Basicamente, trata-se do redator e sef-made man que escreveu The Lazy Man’ s Way to Riches, um dos livros de negócios mais famosos da história dos negócios. E, para promover a obra, escreveu um dos textos publicitários mais famosos da história da publicidade:

Eu costumava trabalhar duro, 18 horas por dia, 7 dias por semana. Mas eu não comecei a ganhar muito dinheiro até que trabalhasse menos — muito menos. Por exemplo, este anúncio levou cerca de 2 horas para ser escrito. Com um pouco de sorte, ele irá render pra mim 50, talvez, 100 mil dólares.

Que avanço. Eu vou pedir pra você me enviar 10 dólares por algo que não irá me custar mais que 50 centavos. E vou tentar tornar isso tão irresistível que você se sentirá um grande tolo se não fizer.

Leia o artigo completo:
Blog do Fernando Luz – Joe Karbo, o redator milionário

Veja também:

  1. A cultura da rapidinha – Por que os textos estão encurtando e como isso afeta o redator
  2. Cannes Lions 2010 >> 10 premiados que dão show na redação – Press
  3. O que Old Spice Guy e Alice no País das Maravilhas têm em comum
  4. O slogan do Nokia N8, a Kodak e o zeitgeist
  5. A Arma Secreta de David Ogilvy ou Originalidade Parte II

Tags: , ,

Comente